Gibraltar – A Montanha do Tárique

 

 

 

DSC02365Popularmente chamada de “The Rock” ou "Peñon" pelos espanhóis que a definem em uma frase: “Uma alma inglesa aprisionada em um corpo espanhol”, e parecem estar certos.

A terra, na verdade um promontório na entrada do mar mediterrâneo, é ligado à Espanha, mas a soberania é inglesa. O Rei da Inglaterra recebeu de pagamento pela guerra da sucessão espanhola em 1714.

A Espanha estabeleceu algumas regras que nunca foram respeitadas, como a que não poderia haver comércio entre a Espanha e Gibraltar e todo o suprimento se daria por mar e nunca por terra, a não ser em casos de emergência quando não conseguisse se abastecer por mar. Ou a que também nunca foi respeitada é que ali a Coroa Inglesa não poderia permitir que fixassem residência os mouros (árabes) ou judeus.DSC02084A Espanha a muito pleiteia sua soberania, mas apesar da localização e da grande maioria dos trabalhadores serem cidadãos espanhóis e irem e virem da Espanha todos os dias, quando cruzamos a fronteira tudo é “British”, a língua oficial e praticada é a inglesa, e apesar de muitas vezes ouvir algum sotaque espanhol, sentimos que seu amável povo na realidade é primeiramente Gibraltarino e depois cidadão inglês. 

O seu povo é especial e o lugar incrível, cheio de histórias lendas e características únicas. 

Uma das lendas diz que foi Hércules que separou os continentes da África e Europa até o Estreito de Gibraltar para abrir caminho do Mediterrâneo ao Atlântico. Para comemorar esta façanha, foram levantadas duas colunas uma em Gibraltar em outra na África no Monte Abyla. Em Gibraltar está coluna está representada por um Monumento no local onde se supõe que estava a coluna. Não se deve perder a vista ao Marrocos através dos 24 km do Estreito e também a impressionante Mesquita construída pelo rei Fahd da Arábia Saudita na década de 90. Assim, a primeira coisa que você vê quando você viaja do Marrocos na África para a Europa é uma mesquita.DSC02088

Gibraltar é uma pequena península com uma superfície de 6,5 km2, faz fronteira com a Espanha em sua estreita faixa de terra e com o mar mediterrâneo, Estreito de Gibraltar e Baía de Algeciras, na verdade é um promontório com um enorme rochedo de 461 m na parte leste.

Neste Rochedo durante a guerra de independência americana, a Espanha e a França fizeram de tudo para reconquistar Gibraltar (1.779 a 1.783) e durante o grande cerco franco-espanhol, o governador de Gibraltar mandou construir túneis para colocar armamentos na face norte do rochedo e assim defender este lado.scaled cropp

Conseguiu na época construir 113 metros e com isso conseguiu manter a soberania inglesa sobre Gibraltar. Depois durante a Segunda Guerra Mundial construíram mais de 52 km de túneis fazendo um verdadeiro labirinto de túneis no rochedo, conhecido como “The Great Siege Tunnels” ou “Os túneis do Grande Cerco” são talvez o sistema de defesa mais impressionante concebido pelo homem. E com certeza existe mais kilometros de túneis do que de ruas em Gibraltar. Para conhecer mais da história, hoje existe um Museu e parte dos túneis pode ser percorrida.siege-battlefield

A parte superior do Rochedo pode ser acessada através de um monotrilho, onde existe um mirador com uma esplendida vista, tendo por um lado o incrível aeroporto cortado pela avenida de acesso e saída de Gibraltar, por outro a enseada com a linda praia e do outro lado o porto com os transatlânticos e luxuosos iates. Aí aparecem por toda a parte os famosos Macacos de Gibraltar.DSC02367

Diz a lenda que enquanto houver estes macacos o Rochedo será Britânico, assim os gibraltarinos cuidam de seus macacos como se fossem deuses de um templo Hindu. Isso fez com que a população de primatas (únicos na Europa) se descontrolasse. Além disso, os macacos perderam toda a vergonha e roubam os turistas tudo o que podem. As recomendações são para não levar, ou se levar não abrir, bolsas, sacolas, levar ou consumir alimentos e cuidado com seus objetos pessoais, câmeras fotográficas e filmadoras. As recomendações são muitas, mas seguindo-as não é preciso se preocupar.DSC02353

A Gruta de São Miguel, localizada a mais de 300 metros sob o nível do mar, esta é uma das grutas naturais mais espetaculares da Europa e possui uma beleza sem comparação devido à formação de estalactites e estalagmites. Esta gruta forma parte de um complexo que engloba outro misterioso grupo de grutas como Leonora’s Cave e Lower St Michael Cave. Desde a época dos romanos está gruta interessa aos visitantes de Gibraltar. E tal como se acreditava a gruta não tem fundo. E com isto deu luz à lenda que o Rochedo de Gibraltar estava unido ao Continente africano por uma passagem subterrânea de mais de 24 km, muitos metros abaixo do Estreito de Gibraltar. Diz a lenda que os Macacos de Gibraltar teriam vindo do Marrocos por essa passagem submarina, e também diz que a passagem surge na Gruta de Leonora.DSC02196 Dentro da gruta a “Catedral”, tornou-se uma espécie de auditório e é onde há concertos regularmente, mesmo na antiguidade em tempos de guerra, pensava-se em usar o local como um hospital, mas nunca foi utilizada. O interior da caverna é bem iluminado com lâmpadas de diversas cores, para chamar mais a atenção e melhorar a aparência de estalactites e estalagmites. Existe um circuito público para ver a caverna que vai conectando todas as pequenas passagens até chegar ao auditório. Obrigatório conhecer.DSC02178

O Museu de Gibraltar é um ótimo lugar para conhecer a história da região, já que contém objetos de até 20.000 anos de idade, entre os quais uma múmia egípcia de 800 dC foi encontrada boiando no Estreito. Mas certamente um dos destaques do museu são os restos dos Banhos Árabe construído no século XIV sob a dinastia Menindin. 

Em frente ao Museu está a Catedral Católica de Santa Maria, construída após a Reconquista no século XV sobre uma antiga mesquita. Esta igreja é em estilo gótico e da antiga mesquita apenas um pequeno pátio é preservado.Compras

As compras em Gibraltar são outro atrativo à parte, pois como existem lojas livres de impostos é possível encontrar produtos com preços bem convidativos, além de ser uma delicia deixar-se levar ao caminhar pelas ruas do comércio.Sabor

Na gastronomia com a mescla de culturas milenares os sabores ficaram muito interessantes. A cozinha de Gibraltar é o resultado de um longo relacionamento entre os andaluzes da Espanha e os britânicos, assim como muitos estrangeiros que fizeram de Gibraltar sua casa nos últimos três séculos. Há influências culinárias de lugares como Malta, Genova, Portugal, Andaluzia e Grã-Bretanha. Esta mescla de influências deu a cozinha Gibraltarina uma mistura de cozinha mediterrânica, com cozinha britânica.

Você também pode gostar de ver próximo de Gibraltar:

- Cádiz

- Andaluzia

- Tanger - Marrocos

 

VEJA GALERIA DE IMAGENS DE GIBRALTAR

ÚLTIMAS NOTÍCIAS     -                EVENTOS
  SABOR     -     VINHOS     -     RECEITAS

1DowOS 10 MELHORES VINHOS DO TOP 100 DA WINE SPECTATOR  2014

 

fuegos mayo-Foto Startecnia CanariasfCruzes e fogos de maio em Los Realejos - I.de Tenerife/Canarias.

enoturismo2015f CHAMPAGNE, FRANÇA - IWINETC 2015 CONFERÊNCIA MUNDIAL DE ENOTURISMO  

 

 

Federer Lindsey Lindt JungfrauFEDERER INAUGURA LOJA LINDT EM JUNGFRAUJOCH

 

 

 "UMA JORNADA DE 1.000 KM

  COMEÇA COM UM ÚNICO PASSO" 

 

D.O.M-Sao-Paulo-Brazil

P1000827a  decanter
TAKAJI Fondue q  Pao caseiro2f 
lambrusco0 geleia de pimenta VS  Macarrob
MdmFamiglia-Bianchi-Reserva-Malbec-2012b Mdmf  Vinho4
 

 

      

Publicidade

 

 


 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 



 

 

 

 

Newsletter de Viagem com Sabor

parceiros Vision ViajesTurismo Likeatourist giganet1 Norte Turistico ABLturismo Teleaire Gianpaolobonomi Euromundo

 

 

 

 

 

             

 

               

 

 

             

 

     

 

 

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Google+