Andaluzia - Cádiz e Jerez de La Frontera

Share Viagemcomsabor: Async load

 

 

Os motivos para ir são muitos: gastronomia exuberante, o sherry e os vinhos, paisagens incriveis, cidades históricas, cultura armazenada em séculos de história, os cavalos e muito mais que nos levou depois de já ter se deleitado com as maravilhas de Torremolinos, Malaga, Puerto Banus, Granada, Cordoba, Priego de Cordoba, Antequera e a apaixonante Ronda seguimos para conhecer mais um trecho da Andaluzia, agora a província de Cádiz.

Tranquila, cativante e ao mesmo tempo com vida social intensa, Cádiz, fundada pelos Tartaros e Fenicios a mais de 3.000 anos é considerada a cidade habitada mais antiga do ocidente. A partir de 711 foi dominada pelos muçulmanos proliferando os castelos, torres e fortalezas que seguem embelezando a paisagem de muitos povoados chamados de pueblos blancos gaditanos como Zahara de la Sierra ou Olvera, com seu típico urbanismo andaluz.
Com o descobrimento da América (Foi de Cádiz que Colombo partiu várias vezes rumo à América), a Bahia de Cádiz se converteu em receptora das riquezas do Novo Mundo. Esta prosperidade econômica pode ser admirada hoje contemplando seus palácios, casas senhoriais e edifícios religiosos do tamanho das catedrais de Jerez e Cádiz.

 

Foto 1

 

 

Berço do liberalismo, conhecida como a “Tacita de plata” foi o cenário em que se proclamou no ano de 1812 a primeira Constituição Espanhola e que podemos através da Rota teatralizada, encenada por atores e atrizes com vestimentas típicas da época  que nos levam por caminhos onde podemos admirar a arquitetura e história da época chegando até o museu aonde se encontra o original da primeira Constituição Espanhola.

De mercadores de frutos do mar nas praças a lojas de antiguidades, dá gosto sair para passear de dia ou à noite. É uma cidade tranquila e que inspira confiança. Talvez esta sensação seja devida à sua pequena dimensão e à contínua presença do mar, graças ao qual parece impossível alguém poder perder-se nas suas ruas.

 

Foto 2

A parte antiga é uma das zonas mais bonitas. Famosa pelo seu original encanto, no centro encontram-se edifícios espetaculares a poucos metros da costa e as ruas estreitas e sinuosas, desembocam em pequenas praças surpreendentes pela sua beleza. Todos os dias se vê muitos turistas e gaditanos sentados ao ar livre nos cafés ou cervejarias, disfrutando as suaves temperaturas e a arquitetura árabe.

Alguns chamam a Cádiz "A pequena Havana" devido aos muitos laços históricos que a unem a Cuba. O tráfego marítimo entre ambas as cidades foi bastante intenso durante muitos anos, de forma que as duas cidades são parecidas uma com a outra. Tanto que o cinema se aproveitou de certas semelhanças, tendo as cenas cubanas do filme "James Bond 007 Um Novo Dia Para Morrer" sido rodadas em Cádiz.

Vale a pena sair pelas ruazinhas estreitas do centro histórico ele pode ser percorrido em apenas uma hora andando a pé, sendo uma pequena maravilha ainda desconhecida para muitos. Ao passear pela Alameda, não deixe de visitar o Parque Genovés, o mais popular da cidade. A Torre Tavira foi construída no século 18 e em uma cidade conhecida por suas torres de observação, foi designada a torre de vigia oficial de Cádiz. Além de proporcionar maravilhosas vistas da cidade e da baía, essa torre também possui uma "cámara oscura", um tipo de câmera que projeta imagens em movimento da cidade. Muito interessante! Não perca também as espetaculares vistas sobre a baía, depois pare para descansar em um charmoso café e admire a arquitetura, você vai se imaginar em outra época e não vai querer ir embora.

Cádiz constitui uma impressionante combinação de arquitetura, paisagem e história. A Catedral, visível do mar, especialmente a sua cúpula coberta com azulejos dourados, se encaixa perfeitamente na paisagem colonial gaditana. Combina os estilos barroco e neoclássico e seu tesouro é um dos mais Importantes da Espanha. O intenso comércio com as Índias despertou a cobiça dos piratas tornando-se necessário fortificar a cidade. Os restos do primitivo ainda que renovado sistema defensivo de fogo cruzado desenvolvido por Vauban forma uma parte importante da rica herança de Cadiz. As Portas da Terra conservam em ambos os lados pinturas de murais e semibaluartes como San Roque e Santa Elena. Um passeio pelo Campo del Sur pode admirar os bastiões de defesa dos Mártires e capuchinhos, junto de La Caleta, escoltado pelos Castelos de São Sebastião e Santa Catalina. A cidade velha possui ruas estreitas e pequenas praças, com bairros como popular como a Vineyard - os pescadores, os mentirosos, Santa Maria (sede verdadeira de flamenco) e El Populo Como se tudo isto fosse pouco, tem ainda as suas inigualáveis praias e os seus habitantes simples, hospitaleiros e abertos.

Na gastronomia a cozinha gaditana une mar, campo e serra, combinando sabiamente ingredientes de primeira qualidade. De sua horta saem deliciosos Gazpachos e do litoral os pescados e mariscos são os grandes protagonistas, o atum de Almadraba, os camarões de Sanlúcar, o famoso "pescaíto frito e de entrada não deixe de provar as inesquecíveis "tortillitas de camarones" que são feitas com um minúsculo camarão (muito saboroso) com farinha de trigo e farinha de grão de bico.

Vinho, Cavalos e Flamenco, em Jerez de la Frontera a vida gira em torno destes elementos, famosa por seus vinhos e principalmente pelo Jerez, Xérès ou Sherry (suas três denominações oficiais), mas também pela Real Escola Andaluz de Arte Equestre e o Flamenco tem em Jerez a principal sede da Fundação Flamenca Andaluz.

 

Foto 3

 

Jerez oferece inúmeras possibilidades: as incriveís apresentações dos cavalos da Real Escola Andaluz de Arte Equestre, onde se mantém a equitação no mais puro estilo andaluz, difundindo por todo o mundo as exibições hípicas de alta doma ou através do conhecido espetáculo “Como bailam os cavalos andaluzes”, ir a Jerez e assistir a uma apresentação é algo inesquecível, voce pode verificar os dias de apresentação e comprar os ingressos diretamente pelo site da Real Escola www.realescuela.org/home.htm, não deixe de visitar também os museus de charretes e de arte equestre.

 

Foto 4

 

Visitar às incomparáveis vinícolas de ​​Jerez, catedrais onde o vinho e o conhaque são criados e envelhecido em silêncio, voce pode disfrutar de visitas guiadas, degustação e compras diretamente no local. O vinho é cultivado na região a cerca de 3.000 anos introduzido pelos fenicios ou gregos e deve sua fama as caracteristicas de solo, do clima e da uva e principalmente pelo metodo de fabrico e envelhecimento por solera. Estas condições são tão singulares que não tem similares em qualidade no resto do mundo. Os vinhos de Jerez, como as manzanillas, nunca são datados. Não indicam o ano de colheita nem tem anos bons nem ruins. Esta é uma consequência do chamado sistema de solera. Após a produção dos mostos, os vinhos são armazenados e amadurecidos no sistema de solera. Nas caves, as pipas são "divididas" em três camadas sobrepostas: no parte do fundo está o vinho mais antigo, enquanto no do topo é posto o vinho mais recente.

Logo que o enólogo verifica que o vinho da parte inferior está suficientemente maduro, é retirada uma terça parte, para ser engarrafada e vendida. Depois, o espaço desse vinho é enchido com vinho da pipa que está em cima dele. Este, por sua vez, é enchido com vinho da pipa do topo, que será de seguida composto com vinho novo, recém produzido. Assim, o vinho novo vai-se acrescentando ao mais antigo, de modo a produzir-se sempre um vinho com características idênticas.

 

Foto 5

 

A cidade é linda seja na parte nova ou na antiga, declarado Conjunto Histórico-Artístico Monumental, onde as igrejas, palácios e edifícios únicos são encontrados entre laranjeiras e fontes ao longo das praças, ruas sempre floridas com enormes palmeiras , há também inúmeros museus e centros temáticos, onde o Touro, o Cavalo, o Flamenco e o Vinho, se encontram no centro do palco, junto com outros interessantes que incorporam a tradição e o património como o Palácio del Tiempo (museu de relógios) localizado no Palacete do Atalaya, rodeado de jardins de grande beleza, conta com 302 relógios franceses, ingleses, austriacos e italianos dos séculos XVII a XIX. É muito interessante estar no museu as 12.00 hs quando todos os relógios soam ao mesmo tempo.

 

Foto 6

 

Assistir e desfrutar o mais puro Flamenco todos os dias, no La Cuna del Flamenco, onde poderá degustar excelente menu e assistir apresentação do célebre canto e dança de origem cigana da Andaluzia. Ele está em todo o lado e durante todo o ano, nas "penas" e nos "tablaos", com espectáculos regulares tornando Jerez mais colorida e alegre. Contudo a celebração das vindimas traz também flamenco ao mais alto nível, com a Fiesta de la Buleria, um festival que reúne alguns dos maiores nomes do Flamenco. Em setembro não perca a tradicional Festa da Vindima, com muitas atrações por toda Jerez, como a pisa da uva, ou de copo em copo, apresentações equestres e Festa de la Buleria. E junto com a Semana Santa a maior festa de Jerez a Feira do Cavalo que surgiu com o comércio de cavalos na idade média. Assim é Jerez de la Frontera.

 

TEXTO DE ROBERVAL A. COLAÇO
FOTOGRAFIA DE ROBERVAL A. COLAÇO E ELIZABETH S.COLAÇO

 

Cádiz

 

Fazer/visitar - Torre Tavira - www.torretavira.com, Casco Histórico, Museu Municipal de Las Cortes de Cádiz, Catedral, Monumentos e Museus, La Gades Romana no Bairro del Pópulo, Praia de La Caleta.

Comer - El Faro de Cádiz, www.elfarodecadiz.com, Balandro Restaurante, www.restaurantebalandro.com, La Marisma Restaurante, Bda. Buen Pastor Ctra. Gallinera, 8 - San Fernando - Fone 956 898 502.

Hospedagem - Senator Cadiz Spa Hotel, www.playasenator.com

Agradecimentos ao Fran (Francisco Báez) excelente pessoa e super guia, que nos acompanhou e forneceu muito material para esta matéria e ao Patronato Provincial de Turismo de Cádiz.

 

Jerez De La Frontera

 

Fazer/Visitar - Cavalo - Espetáculos equestres: Real Escuela Andaluza del Arte Equestre www.realescuela.org, La yeguada de la Cartuja, www.yeguadacartuja.com, Feira do Cavalo, www.jerez.es e manifestações hípicas durante a festa da Vindima.

Vinícolas - Bodegas Fundador Pedro Domecq - Harveys - www.bogegasfundadorpedrodomecq.com Bodegas Alvaro Domecq - www.alvarodomecq.com, Bodegas Tio Pepe - González Byass - www.gonzalezbyass.com, Bodegas Diez Mérito Jerez - www.diezmerito.com, Bodegas Real Tesoro y Valdespino - www.grupoestevez.es...

Flamenco - La Cuna del Flamenco - www.lacunadelflamenco.com, La taberna Flamenca - www.latabernaflamenca.com.

Comer - Bar Juanito, www.bar-juanito.com, La Cuna del Flamenco - www.lacunadelflamenco.com, Restaurante Sabores, www.restaurantesabores.es

Hospedagem - Hotel Jerez, www.jerezhotel.com.

 

 

Salmorejo Andaluz

Duas a três porções

Ingredientes:

  1. 500 g de tomates maduros e pelados,Foto 7
  2. 5 colheres de sopa de azeite de oliva,
  3. 200 gr. de pão do dia anterior, (duros),
  4. 3 colheres de sopa de vinagre de vinho,
  5. 1 dente de alho,
  6. Ovo duro,
  7. Presunto cru,
  8. Sal a gosto.

Preparo:

  • Umedecer o pão em água e espremer entre as mãos para escorrer,
  • Bater no liquidificador todos os ingredientes, menos o ovo e o presunto. Deve ficar bem cremoso. Sem o azeite os ingredientes não "ligam",
  • Sirva bem gelado e para acompanhamento, prepare uma guarnição com: tomate, ovo cozido e presunto cru. Corte tudo em cubos pequenos mas não misture.

 

Bom Apetite

 

LEIA MAIS SOBRE ANDALUZIA - ENCANTOS E SABORES

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS     -                EVENTOS
  SABOR     -     VINHOS     -     RECEITAS

1DowOS 10 MELHORES VINHOS DO TOP 100 DA WINE SPECTATOR  2014

 

fuegos mayo-Foto Startecnia CanariasfCruzes e fogos de maio em Los Realejos - I.de Tenerife/Canarias.

enoturismo2015f CHAMPAGNE, FRANÇA - IWINETC 2015 CONFERÊNCIA MUNDIAL DE ENOTURISMO  

 

 

Federer Lindsey Lindt JungfrauFEDERER INAUGURA LOJA LINDT EM JUNGFRAUJOCH

 

 

 "UMA JORNADA DE 1.000 KM

  COMEÇA COM UM ÚNICO PASSO" 

 

D.O.M-Sao-Paulo-Brazil

P1000827a  decanter
TAKAJI Fondue q  Pao caseiro2f 
lambrusco0 geleia de pimenta VS  Macarrob
MdmFamiglia-Bianchi-Reserva-Malbec-2012b Mdmf  Vinho4
 

 

      

Publicidade

 

 


 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 



 

 

 

 

Newsletter de Viagem com Sabor

parceiros Vision ViajesTurismo Likeatourist giganet1 Norte Turistico ABLturismo Teleaire Gianpaolobonomi Euromundo

 

 

 

 

 

             

 

               

 

 

             

 

     

 

 

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Google+